TÉCNICA OU ADORAÇÃO?

Publicada em 25/04/2013 no blog dcalanbatista@blogspot.com

Pois quando ofereceis em sacrifício um animal cego, isso não é mau? E quando ofereceis o coxo ou o doente, isso não é mau? Ora apresenta-o ao teu governador; terá ele agrado em ti? ou aceitará ele a tua pessoa? diz o Senhor dos exércitos.

Malaquias 1.8

O que temos oferecido ao Senhor? Observo hoje nas igrejas que as pessoas se preocupam mais em oferecer o melhor da técnica do que o melhor da adoração. 

Tenho observados que nos últimos anos a nossa qualidade técnica no que diz a respeito a louvor tem melhorado muito. No meu tempo de criança, muitas eram as igrejas que tinham deficiência de bons instrumentistas. Havia na igreja sempre um irmão que dentro de suas limitações, dava uma “arranhada” em algum instrumento. Lembro- me de um irmão que sinceramente tocava muito mal sua guitarra, as notas que ele tocava não tinha nada a ver com o louvor que era entoado pelo conjunto, só que hoje eu vejo que mesmo tocando mal aquele instrumento, esse irmão tocava com amor, aquilo era seu melhor, a igreja sentia a presença de Deus. Ninguém reparava aquele irmão que não sabia tocar a melodia correta, a igreja se importava em adorar ao Senhor. O fogo caía na igreja, aquilo era o melhor que aquele irmão podia oferecer, e Deus respondia através do seu louvor, pois nós sentíamos a unção de Deus.

Hoje a coisa mudou e muito (ano 2013), aqueles “irmãozinhos” já quase não são vistos, esses “irmãozinhos” simples mais cheios do Espírito Santo, deram lugar a jovens que cresceram vendo esses homens tocar, porém a maioria cresceu sem temor algum de Deus em seu coração. A qualidade no que diz a respeito de instrumentalização nas igrejas mudou muito, antigamente a maioria das igrejas só tinham como instrumentos pandeiro e guitarra e uma ou outra uma bateria, e às vezes até encontrava-se alguma que tinha um teclado.

Em relação a instrumentos e instrumentistas, as igrejas de hoje estão bem. Hoje encontramos nas igrejas instrumentistas qualificados a tocar seus instrumentos. Hoje encontramos até saxofonistas, violinistas em cultos, coisas que antigamente era um sonho. Porém os instrumentistas de hoje não tem nada a ver com os de antigamente. Vejo um show de técnica e um desastre no que se refere à espiritualidade. Hoje são poucos os que tocam por amor, a maioria toca por pura vaidade. Alguns ministérios de louvor, quando louva, não passam de uma apresentação a um público do que um ato de adoração. Estão dando o melhor da técnica e adoração não existe.

 E o que falar dessa geração de “profetas” que tem se levantado. Antigamente pregador mal sabia ler, não tinha estudo, mais quando abria a boca pra falar do evangelho, ah meu irmão! A unção era derramada, pessoas se convertiam, vidas eram libertas, demônios eram expulsos, havia cura, batismo com o Espírito Santo… Hoje! kkkkkkk… Tenho que rir com as pataquadas teológicas que ouço nos altares. Estão tão preocupados com a técnica que se esquecem da “verdadeira unção” e a inspiração do Espírito santo. Na verdade muitos pregadores de hoje tem é medo de expulsar demônio.

 São muitos hoje que fazem um seminário, mas são poucos os que aprendem alguma coisa. Quando escrevi verdadeira unção, quis dizer que hoje os pregadores têm desenvolvido técnicas de manipulação, na qual envolvem a igreja, gerando emoção no coração dos ouvintes. Uma pessoa chorando em um culto, ou até mesmo “sapateando no poder” não quer dizer que ali está havendo uma atuação do Espírito Santo, pois essa pessoa pode estar envolvida por suas emoções.

Repito a pergunta escrita no início do artigo: o que temos oferecido ao Senhor? Melhor da técnica ou da adoração? Querido a técnica é boa e nos qualifica a realizar a obra de Deus com qualidade, porém só tem efeito se for acompanhada da unção do Senhor em nossa vida, pois se não houver unção, ouviremos palavras vazias que não surtirão efeito algum na vida do pecador. Ouviremos louvores que podem até nos emocionar, mas sem o mover do Espírito na igreja.

Que não venhamos cair no formalismo, tradicionalismo é uma praga que tira de nós a essência de oferecer a Deus um culto agradável a Ele.

            Que Deus te abençoe!

ALAN BATISTA

(21) 96476-1991

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close